Adequação ao novo acordo ortográfico termina no final do mês

06/12/2012 08:59

 

 

.

O prazo de adequação às regras da reforma ortográfica, que integra sete nações da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (Brasil, Portugal, Cabo Verde, Angola, Moçambique, Guiné-Bisssau e Timor Leste), chega ao fim em dezembro deste ano. A partir de janeiro de 2013, quatro anos após a assinatura do acordo (2008), o domínio das novas regras passa a ser exigido em concursos, vestibulares, provas escolares e seleções públicas que envolvam a aplicação dos conhecimentos ortográficos. As mudanças ainda provocam discussões em alas parlamentares que pleiteiam a ampliação do prazo de adequação. O senador Cyro Miranda (PSDB/GO), por exemplo, integrante do grupo de trabalho que estuda mudanças no acordo, afirma que já obteve posicionamento da Casa Civil sobre a alteração do prazo para 1º de janeiro de 2016. Por meio da sua assessoria de imprensa, o parlamentar contou que durante duas audiências públicas realizadas no Senado, professores e estudiosos constataram inadequações no acordo que "desvalorizam o raciocínio e o entendimento do aluno".

Apesar da declaração, o Ministério de Relações Exteriores (MRE) afirma que um possível ajuste no prazo de adequação às novas regras depende de decisões interministeriais, como também da aprovação da Presidente da República, Dilma Rousseff. Com isso, o órgão confirma a existência de discussões sobre uma mudança de data, mas salienta que até a noite desta quarta-feira, 5, nenhuma decisão sobre o tema foi tomada pela Casa Civil. Sendo assim, enquanto essas mudanças ainda transitam no campo das especulações, profissionais que atuam diretamente com a aplicabilidade dos recursos ortográficos já se preparam para a adequação definitiva das novas regras, em janeiro de 2013.

Fonte: Voz da Bahia/(Atarde)

POR: MURILO MOURA  DRT/BA 4157

 
 
 
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!